6 dicas para não ser enganado na Black Friday

Ofertas Kabum

Na 4ª sexta-feira do mês de novembro, acontece a famosa liquidação de produtos conhecida como Black Friday.

Já tradicional nos Estados Unidos, a ação de vendas vem ganhando força no Brasil nos últimos anos. Com cada vez mais lojas participantes, os descontos nos produtos podem chegar a até 70%.

Contudo, por causa do grande volume de transações nesse dia, a data é explorada também pelos criminosos cibernéticos, que buscam atrair os consumidores mais desatentos.

Eles criam sites falsos, muito semelhantes aos portais das grandes lojas, com a finalidade de enganar o consumidor e obter dados de cartões de crédito, dados bancários etc.

Veja, abaixo, algumas dicas para não ser enganado na Black Friday:

1 – Endereço

Certifique-se que o endereço (URL) do site que você está comprando é o mesmo da loja (Ex.: www.nomedaloja.com.br).

Cuidado com endereços que tenham o nome da loja, mas que estão inseridos em outro site (Ex.: nomedaloja.sitefalso.com.br). Nesse exemplo, você estaria se conectando ao “sitefalso.com.br”, que está disfarçado com o nome da loja em um subdomínio.

dicas para não ser enganado na black friday

2 – Conexão segura

As lojas online mais sérias utilizam um sistema de criptografia dos dados dos consumidores, que dificulta a interceptação por parte de criminosos. Para saber se o site que você está comprando possui esse sistema, basta verificar na barra de endereços do navegador se a URL do site começa com “https://”.

RECOMENDADO:  PS4 em Oferta na Black Friday Brasil 2022 - Playstation 4 em Promoção

Se possuir a letra “s”, é porque o site utiliza a criptografia dos dados. Se for apenas “http://”, a loja não utiliza esse sistema e os dados fornecidos por você na hora da compra podem estar vulneráveis.

3 – Observe os sinais

Os navegadores (Google Chrome, Firefox etc) sinalizam quando uma conexão é segura e leva a um site com identidade confirmada. Quando esse é o caso, aparece o símbolo de um cadeado fechado (antes do endereço do site).

Ao clicar no símbolo do cadeado, podem ser observadas diversas informações sobre a segurança do site.

4 – Procure o selo

No caso das lojas menos conhecidas, é recomendável buscar por um selo de segurança no site, para garantir que se trata de um site real. Clicando no selo, é possível obter mais informações, inclusive se o mesmo é emitido por uma empresa certificadora idônea.

Isso é importante, pois em sites falsos também podem haver selos falsos.

segurança na black friday site blindado

5 – Cuidado com a senha

A utilização de senhas fracas acaba expondo o consumidor a riscos maiores. Por isso, ao criar a sua senha, faça uso de uma combinação entre letras maiúsculas e minúsculas, números e símbolos (@, #, $, % etc).

6 – Faça uma busca

No caso de você não conhecer a loja na qual está pensando em comprar, faça uma pesquisa na internet sobre ela. Procure por reclamações de outros compradores, pela reputação da empresa etc.

RECOMENDADO:  O Poder da Leitura - O Que Acontece Quando Você Começa a Ler Livros

Além disso, sempre desconfie daquele tipo de oferta que parece “boa demais pra ser verdade”, porque algumas vezes é exatamente isso o que ela é. Nesse caso, é preciso redobrar os cuidados.

Na dúvida, não faça a compra antes de uma extensa pesquisa na internet e nas redes sociais sobre a loja.

Fonte: Exame

Imagens: Reprodução